Minha turminha

Minha turminha
1○Etapa -2016

Meus amigos e seguidores

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sacramento da cura

Como já disse em postagem anterior, estamos numa correria só, pois estamos em ritmo de Primeira Eucaristia, hoje falei com minhas crianças sobre o sacramento que eles vão receber daqui duas semanas que é o sacramento da confissão ou penitência, Como podemos também conhecer como sacramento da cura. veja a atividades que eles fizeram no encontro de hoje, que logo depois fizemos um pique nique dentro da sala, tiramos fotos, deles sentadinhos no meio da sala para comer e detalhe minha pequenina (minha filhinha), esteve presente no encontro de hoje, e as crianças adoraram a presença dela e ela também adorou brincar com eles. Bom chega de lorota e vamos logo as atividades e as fotos né rsrsrsrsrsrsrs.








Aqui estão as fotos das crianças no encontro da catequese de hoje .

olha que lindos, e a maria no meia nais bonito ainda rsrs coruja eu nada néh kakaka

olha que lindeza como come o pão kakaka


quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Visita Missionária em nossa Paróquia

Estamos nos mês missionário, e a nossa Paróquia São João Batista de Sertãozinho, tem a graça de recebermos as irmãs da Toca de Assis da cidade de Santos. E ontem Duas delas estiveram presente na catequese, onde fizemos uma partilha, a Tia Fernanda fez uma gostosa salada de fruta e compartilhamos experiências onde os catequizando fizeram muitas perguntas a elas,( a irmã Cris e a irmã Kailaine). As crianças encheram elas de perguntas. Olhem as fotinhas que tiramos com elas.










terça-feira, 18 de outubro de 2011

Atividades confissão e Eucaristia

Estamos no ritmo da primeira eucaristia em nossa paróquia, hoje falei com eles sobre a confissão, e da Eucaristia de uma olhada nas atividades que passei aos meus catequizandos. 






Para fazer essa atividade, copiei esse desenho do blog da Sueli Blog: Pãozinho do Céu. Aproveitem e façam uma visitinha a ela: paozinhodoceumaria.blogspot.com


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Feliz dia dia das crianças















Sob o olhar da Senhora Aparecida Caminhamos com Jesus



Era outubro do ano de 1717 quando os pescadores João Alves, Felipe
Pedroso e Domingos Garcia, atendendo ao pedido das autoridades saíram para
pescar, devendo trazer peixes para o governador, Conde Assumar.
Durante toda a noite, tentaram sem nada conseguir.
Chegando ao Porto de Itaguaçu, ao lançar a rede, João Alves puxou-a e nela
veio o corpo de uma imagem quebrada. Continuou seu trabalho cheio de esperança
e em seguida veio à cabeça da imagem. Foi um aviso do céu. Daquela hora em
diante os homens pescaram muitos peixes. Foi assim, o começo da maravilhosa
história de nossa Senhora Aparecida (aquela que apareceu).
Em agradecimento, inicialmente, a vizinhança se reunia aos sábados
para rezar em torno da imagem. A devoção, junto com os milagres obtidos e cuja
intercessão era atribuída a ela, cresceu rapidamente.
O papa Pio XI então declarou e proclamou Nossa Senhora Aparecida como
padroeira do Brasil em 16 de Julho de 1930.
Em 1952, iniciou-se a construção da nova Basílica nacional de Nossa
Senhora Aparecida também conhecido como Santuário Nacional de Nossa Senhora
da Conceição Aparecida, fica localizada na cidade de Aparecida, no interior do
Estado de São Paulo, Brasil. É considerado o segundo maior templo católico do
mundo, menor apenas que a Basílica de São Pedro no Vaticano. Foi inaugurada
em 4 de julho de 1980, quando João Paulo II visitou o Brasil pela primeira vez.
A devoção a Nossa Senhora Aparecida é verdadeiramente um fenômeno
que expressa muito a fé brasileira. Diariamente milhares de pessoas de todos os
lugares do Brasil peregrinam para Aparecida do Norte.
Além do mais, milhões de pessoas têm a imagem de Nossa Senhora
Aparecida como especial intercessora e encontram no rosto de Maria sua ternura de
amor a Deus. Como homenagem inúmeras paróquias e comunidades denominaram
Nossa Senhora Aparecida como sua padroeira, refletida na mensagem essencial
do Evangelho que a revela como nossa mãe querida.
Desde quando apareceu em Aparecida a santa nos convida a lançar as redes
ao mundo, para tirar do anonimato aqueles que estão submersos no esquecimento
e nos aproximar à luz da fé, reunindo os filhos e integrando-os ao redor de Jesus
Cristo.
Nossa Senhora da Conceição Aparecida é muito especial na história de
todos brasileiros e brasileiras. Ela segue exercendo a função de apresentar nossas
preces a Cristo e de pedir que façamos o que ele nos diz.
Há uma frase que expressa muito bem porque Maria é tão especial: “Maria
foi o que não somos e já é o que seremos”.
Escolhida entre todas as mulheres como modelo de santidade e advogada
nossa, Nossa Senhora intervém constantemente a favor do seu povo.
Portanto, Maria é modelo para nossa santidade. Por ser nossa advogada,
defensora e intercessora junto a Jesus, pedimos humildemente que ela tome conta
de todo povo brasileiro.
Nossa Senhora da Conceição Aparecida, ROGAI POR NÓS


Fonte: revista Parare Via Domini. da Paróquia de São João Batista de sertãozinho - SP.
site da paróquia onde encontra a revista: www.sjoao.com.br


Algumas sugestões de atividades:

 essa atividade peguei do blog CATEQUESE COM AMOR. Aproveitem e visitem.
http://catequesecomamor.blogspot.com


quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Postagem coletiva


Já somos 62...  (estamos com o número 35 da nossa listagem vago.)


 Catequistas, estamos no mês em que entre outras coisas avaliamos nossa missão!


Eu me sinto ainda motivada a ajudar mais e mais blogs a colocarem o post na rua... rsrsr


LISTA ATUALIZADA DOS CATEQUISTAS UNIDOS!


1. http://catequesenanet.blogspot.com
35. 
61.  http://catequeseevocacao.blogspot.com/  

Outubro, mês das missões.

Não se abre uma rosa apertando-se o botão”, escreveu alguém.  É um pensamento muito próprio para uma reflexão sobre a vocação missionária do cristão para o mês que se avizinha: o mês de outubro, dedicado às missões. Jesus disse ao enviar os apóstolos para anunciar o ano da graça: “Eis que vos enviou como carneiros em meio a lobos vorazes” (Cf. Mt. 10,16). E, quando, mal recebidos em uma cidade, João e Tiago pretendiam mandar o fogo dos céus sobre aquele povo, mas Jesus os repreendeu “Não sabeis de que espírito sois. (Cf. Lc. 9,55).

A primeira atitude do missionário deve ser a mansidão. O anúncio da Boa Nova é um anúncio de paz. O texto do profeta Isaias lido por Jesus na sinagoga de Nazaré (Cf. Lc. 4,16-22)) e a si próprio aplicado, diz: “O Espírito do Senhor está sobre mim, eis porque me ungiu e mandou-me evangelizar os pobres, sarar os de coração contrito, anunciar o ano da graça”(Cf. Is. 61, 1-4)

E, logo a seguir, no Sermão da Montanha, revirando todos os princípios e conceitos que o pecado instilara nos corações dos homens, da sociedade e da cultura, declara bem aventurados os mansos, os misericordiosos e os que promovem a paz(Cf. Mt. 5) 

A violência e a agressividade afastam os corações. Não é a toa que Santa Terezinha foi declarada padroeira das missões, ela que jamais transpôs as grades de seu convento e, partindo deste mundo aos vinte quatro anos, podia prometer que dos céus enviaria uma chuva de rosas sobre a terra. São Francisco de Sales, igualmente ensinava que se apanham mais moscas com uma gota de mel do que com um barril de vinagre.

Quanta paciência e compreensão mostraram os santos missionários de todos os tempos na inculturação da fé em corações duros e arraigados numa cultura pagã totalmente diversa dos caminhos cristãos. Davam tempo ao tempo, como o semeador aguarda com paciência o tempo da colheita. 

Ainda no Evangelho lido na liturgia de dias atrás, diante da crítica dos fariseus, Jesus amorosamente acolhe a pecadora pública e lhe perdoa os pecados, e não reprime com exasperação o pecado dos “puros de todos os tempos”, mas os leva à conversão chamando-os ao amor.(Cf. Lc. 7, 36-50)  Assim também em outro episódio, uma ceia junto a publicanos e pecadores, o Mestre disse aos que o criticavam: “Não são os que tem saúde  que precisam de médico, mas os doentes. Ide aprendei o que significa: prefiro a misericórdia ao sacrifício” (Cf. Mt.9, 10-14).

O plano salvífico de Deus não é imposto. Como na criação Deus respeitou a vontade do homem que optou pelo pecado, assim também o respeita na opção que ele faz diante da oferta da salvação. “Deus que te criou sem ti, não te salvará sem ti”, diz Santo Agostinho.

O cristão que tem, pelo batismo, a vocação missionária, a missão de anunciar a Boa Nova, tem de ter, ele próprio, um coração semelhante ao de Cristo, manso e humilde, como pedimos na jaculatória, “fazei nosso coração semelhante ao vosso”.

Paulo VI, na Evangelii nuntiandi exorta: “A obra da evangelização pressupõe um amor fraterno, sempre crescente, para com aqueles a quem ele (o missionário) evangeliza.” (nº 79) e cita São Paulo aos Tessalonicenses (2Tes. 8) como programa. 

Refere-se ainda, exemplificativamente, a outros sinais de afeição que o missionário tem de ter em relação ao evangelizando: o respeito pela situação religiosa e espiritual das pessoas a quem se evangeliza; a preocupação de se não ferir o outro sobretudo  se ele é débil em sua fé e um esforço para não transmitir dúvidas ou incertezas  nascidas de uma erudição não assimiladas.

O missionário, ao levar a Boa Nova a um mundo angustiado e sem esperança ou cuja esperança se esgota com o último suspiro, não pode se apresentar triste e descorçoado, impaciente ou ansioso, mas deve manifestar uma vida irradiante de fervor e da alegria de Cristo.

Nesse espírito o missionário, sem tergiversar sobre sua fé e sobre a mensagem, abra sua voz para “propor aos homens a verdade evangélica e a salvação em Cristo,com absoluta clareza e com todo o respeito pela opções livres que a consciência dos ouvintes fará” (E.N 80). Lembre-se “não se abre uma rosa apertando-se o botão.

Fonte: site www.catequisar.com.br
Tem muita gente pelo mundo que ainda não conhece nosso querido amigo JESUS.
Para sermos missionários não precisamos sair viajando pelo mundo afora, basta querer falar de Jesus para alguém que ainda não o conhece: uma pessoa da sua rua, uma pessoa do seu prédio, alguém da sua família,...
Você está disposto a anunciar Jesus? Aceita o desafio?
Então, clique no desenho abaixo, imprima e escreva uma mensagem bem bonita, pode até ser uma passagem da Bíblia. Entregue para uma pessoa que não participa da Missa ou uma pessoa, principalmente uma criança como você, que ainda não conhece Jesus.
Ah! Se você pintar o desenho vai ficar ainda mais bonito!
Fique com Deus e força na Missão de ser Missionário!

achei essa linda atividade no blog da vanessa, o blog educar, e tomei aliberdade de posta-lá aqui.