Minha turminha

Minha turminha
1○Etapa -2016

Meus amigos e seguidores

domingo, 28 de agosto de 2011

Homenagem do Arcebispo da Arquidiocese de Ribeirão Preto aos Catequistas


Celebramos hoje com imenso júbilo e gratidão o Dia Nacional dos Catequistas.
 
QUERIDOS CATEQUISTAS, educadores da fé, a comunidade eclesial confia a vocês o itinerário formativo para que crianças, jovens e adultos, possam realizar a iniciação cristã. O objetivo da catequese e de toda evangelização é o encontro e a comunhão com Jesus Cristo, enquanto formação para a vida em Cristo e na Igreja.
 
O testemunho generoso de vocês acende em nossas comunidades a chama da fé, da esperança e da caridade. E faz com que  sejam autênticos discípulos missionários. O que  crêem firmemente, anunciam, celebram e, alegremente, testemunham.
 
O trabalho dos catequistas se insere no nosso Plano de Ação Pastoral, com as suas três prioridades: Formação de Líderes, Família e Juventude.
 
Vocês exercem a liderança junto aos catequizandos e seus familiares. De fato, a catequese é serviço prestado às famílias. Pensemos na preparação dos pais e padrinhos para o batizado das crianças. Os pais confiam a vocês as crianças, os adolescentes e jovens para que eles possam conhecer Jesus, amá-lo e segui-lo. E para isso, vocês contam com a presença e assistência do Espírito Santo.
 
Na leitura atenta da Palavra de Deus, acompanhada da oração litúrgica e pessoal, os catequistas encontram inspiração e força para preparem seus encontros e reuniões. Participam ativamente da Eucaristia – banquete memorial da Páscoa de Jesus - onde são alimentados para que não desanimem jamais da caminhada, no seguimento de Jesus.
 
O projeto de Ação Missionária, SIM, nos lembra que é preciso acolher bem todos aqueles que chegam, mas é preciso também ir ao encontro dos mais afastados. Como seria bonito, se em cada comunidade os catequistas pudessem realizar a visitação às famílias para saber se não há crianças, adolescentes e jovens que ainda não ingressaram na catequese.
 
QUERIDOS CATEQUISTAS, que os momentos de catequese sejam cada vez mais espaços de escuta e de diálogo, momentos de festa e acolhida do projeto de Jesus – o Reino de amor do Pai na sociedade. Que, juntamente com vocês, todos catequisandos possam fazer uma autêntica experiência de fé, acolhendo a Jesus, Caminho, Verdade e Vida!
 
Termino com as palavras do Apóstolo:
“Como acreditarão naquele de quem não ouviram falar?
E como ouvirão, se não há quem o anuncie?” (Rm10,14)


Ribeirão Preto, 28 de agosto de 2011
 
 
+ Joviano de Lima Júnior,sss
 
Arcebispo de Ribeirão Preto










fonte: site da arquidiocese de Ribeirão preto. http://www.arquidioceserp.org.br

2 comentários:

REINALDO FONSECA - PASCOM disse...

Olá! Parabéns pelo artigo publicado, Que Deus abençoe os Catequistas em sua missão.
Boa semana na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo

Lurdes da Silva Visintainer Pinheiro disse...

Érica, olá!
Vim fazer a visitinha costumeira, as vezes demoro um pouco para voltar aqui, mas é só por falta de tempo, porque gosto muito de visitar teu blog. Vendo esta homenagem do Arcebispo de Ribeirão Preto, acende, ainda mais, a chama vocacional de catequistas que temos dentro de nós, não é mesmo? É um trabalho difícil nos dias de hoje, mas igualmente gratificante. Gostei muito.
Grande abraço