Minha turminha

Minha turminha
1○Etapa -2016

Meus amigos e seguidores

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, hoje seu dia 27 de junho








A veneração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 
teve  início no século 18,  quando o quadro da Santa 
sobreviveu intacto à destruição da Igreja de São Mateus, em 
Roma, onde se encontrava.
Em 1866, o Papa Pio IX entregou o quadro aos 
Missionários Redentoristas, pedindo-lhes que espalhassem 
essa devoção ao mundo.
O quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 
traz a imagem da Mãe segurando o Filho assustado com 
a visão dos dois arcanjos trazendo em suas mãos os 
instrumentos da Paixão. Ele agarra-se à mãe, que estende 
as mãos para acolher o filho. Os olhos de Maria demonstram 
compaixão e um apelo à humanidade: que evitem o pecado, 
que é a causa da morte de seu Filho.
Este é mais um dos muitos títulos que Maria, mãe 
de Deus e nossa, recebeu. Ela que é sempre nosso socorro 
nos momentos de dificuldades e tristezas, vem mais uma vez 
demonstrar seu amor por seu Filho e por cada                     um 
de nós.
Em nossa Paróquia, todas as terças-feiras, temos um 
momento com Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde 
c e l  e  b r a mo s   a   E u c a  r i s t i a 
juntamente com a Novena a 
ela dedicada. Essa novena 
teve início no dia 11 de julho 
de 1922, e em pouco tempo 
se espalhou pelo mundo 
todo. Atualmente, todos os 
dias,  em algum  lugar  do 
mundo, existe uma igreja 
onde está sendo celebrada 
esta novena.
A  festa de Nossa 
S e n h o r a   d o   P e r p é t u o 
Socorro é celebrada no dia 
27 de junho.
Que nós possamos 
recorrer à Maria, depositando em seu coração nossas 
intenções para que ela as leve ao coração de seu Filho Jesus.
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós.

Oração à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Maria, mãe de Deus e nossa, olhai compassiva para vossos filhos e filhas que trilham os caminhos da história. 
Sentimos a falta do pão de cada dia, do emprego, da saúde, da justiça e de solidariedade maior. Intercedei junto 
a vosso Filho, Jesus, para que possamos experimentar sua Redenção abundante e fazer o caminho da vida como 
irmãos e irmãs, num novo céu e numa nova terra. Ajudai-nos, Mãe, e sede para nós perpétuo socorro de nossas 
necessidades junto a vosso Filho Jesus. Amém.

domingo, 24 de junho de 2012

Devoção a São João Batista





A importância do papel de São João Batista em nossas 
vidas é saber que ele foi o precursor de Cristo, sua voz clamava 
no deserto anunciando a chegada do messias e insistia para 
que os judeus se preparassem para a vinda de Jesus.
São João foi anunciado por Malaquias e por Isaias e 
passou a ser o elo entre o Antigo e o Novo Testamento.
As circunstâncias sobrenaturais de seu nascimento 
realçam o papel que se atribui a João Batista, em sua 
maturidade através da oração e penitencia levava uma vida 
coerente, pois jamais deixava de cumprir sua missão: chamar 
os homens à conversão.
Quando foi comparado 
e até mesmo confundido com 
o messias a vaidade e orgulho 
e até mesmo a soberba, jamais 
estiveram presentes, pois disse 
a todos que não seria digno de 
desamarrar suas sandálias e 
quando esta perto anunciou 
Jesus como àquele que tira o 
pecado do mundo.
P o r   i s s o   s o m o s   t ã o 
devotos à São João, às vezes 
tentamos ou até  fazemos a 
anunciação de Jesus no nosso 
dia-a-dia, no trabalho ou na nossa comunidade, mas sabemos 
que estamos bem distantes de nos compararmos a Ele, e 
temos o grande desejo de que sempre perto de nós esteja pelo 
menos um João Batista e nos ensine a serem evangelizadores 
e anunciadores da vinda de Jesus.
São João rogue por nós.




São João Batista







São João Batista
Natividade de São João Batista
João é o meu nome
João, chamado o Batista, era filho de Zacarias                      
e de Isabel.
A natividade de São João Batista, é uma solenidade 
celebrada pela Igreja Católica aos 24 de junho de cada ano; 
é o único santo, além da Virgem Maria, de que se celebra o 
nascimento tanto para a terra, quanto para o céu. Segundo os 
evangelhos, é o maior dos profetas porque pôde apresentar 
o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.   
Este profeta simples, austero, corajoso, deu testemunho da 
luz, aplainou os caminhos do Senhor e preparou o povo para 
acolher o salvador. A Igreja celebra o nascimento de João 
como um acontecimento sagrado. Dentre os nossos 
antepassados, não há nenhum cujo nascimento 
seja celebrado solenemente. João apareceu, 
pois, como ponto de encontro entre os dois 
testamentos, o antigo e o novo. O próprio 
Senhor o chamou de limite quando 
diz: “A lei e os profetas até João 
Batista”. Antes mesmo de nascer, já é 
designado, revela-se de quem seria o 
precursor, antes de ser visto por ele.
Celebrar  o nascimento de 
João Batista, nos junta à alegria de 
Isabel, de Zacarias, pois Deus lembrase de nós. Por meio da conversão e 
do batismo, João prepara o povo para 
acolher a mensagem de libertação. 
Como precursor de Jesus Cristo, ele 
tem a missão de preparar os caminhos, 
conduzindo as pessoas ao conhecimento 
e à experiência de misericórdia e salvação. 
Com sua atividade, João indica Cristo, já 
presente no meio do povo. 
Todo nascimento é considerado um milagre, pois 
exige a ação de Deus, o Senhor da vida. No caso de João 
é sinal especial da intervenção de Deus em favor do povo. 
Por isso, seu nascimento é celebrado como a realização 
da promessa anunciada pelo mensagei ro de Deus a 
Zacarias. Deus socorre o povo e transforma a humilhação da 
esterilidade em vida. Isabel, como tantas outras mulheres da 
época, acreditava que sua esterilidade era sinal do desfavor 
Divino. 
Semelhante a Sara, mulher de Abraão, ela gera 
um filho, apesar da idade avançada e da esterilidade, 
recuperando assim a esperança. O nascimento de João é 
motivo de alegria, de festa, porque Deus ouve as súplicas e 
socorre as pessoas pobres e aflitas. O anjo predissera que 
muitos haveriam de alegrar-se por ocasião do nascimento 
de João Batista. “O menino será grande diante do Senhor”. 
Na hora da circuncisão, todos acreditavam que a criança 
se chamaria como o pai, Zacarias. A mãe, porém, diz que o 
menino se chamará João. O Deus, que conduz a história, 
age e ilumina também na hora da escolha do nome. 
João é um nome significativo, carregado de promessas, 
o Senhor é favorável, tem compaixão, é misericórdia. A 
Palavra do Senhor liberta, abre a boca, solta a língua 
para que as pessoas possam louvar e profetizar. 
Zacarias bendiz a Deus misericordioso e 
compassivo, que se preocupa com a vida 
do povo. O anúncio profético, sob o 
impulso do Espírito, antecipa a missão 
de João Batista. Tudo isso mostra 
que João é objeto do favor Divino. 
A criança crescia e seu espírito se 
for talec ia,  passando da  infância 
para a juventude, assumiu seu lugar 
no deser to,  e seu aparecimento 
na história, aproximadamente 30 
anos mais tarde, como precursor de 
Jesus. Como profeta do Altíssimo 
não teve medo de anunciar com a 
vida e a palavra. Proclamamos as 
maravilhas realizadas em São João 
Batista, precursor de Nosso Senhor 
Jesus Cristo, consagrado como o maior 
entre os nascidos de mulher. João, ainda 
no seio materno, exultou com a chegada do 
Salvador da humanidade. Ele foi o único dos profetas 
que mostrou o Cordeiro redentor, batizou o próprio autor 
do Batismo nas águas assim santificadas e, derramando o 
próprio sangue, mereceu dar testemunho de Cristo. 
O Salvador anunciado por João Batista está no meio 
de nós, na pessoa que preside, na comunidade reunida, na 
Palavra proclamada, no pão partilhado. Fortalecidos com 
esta presença, possamos ser anunciadores da Boa Nova 
da Salvação, a exemplo de São João Batista.

Ana Maria Sarni Miranda
Equipe de Liturgia

fonte deste arquivo: revista Parare Via Domini, da Paróquia de São João Batista de Sertãozinho PASCOM.

Navegando na net achei alguns desenhos para colorir de São João.